Pular para o conteúdo principal

Lilith - A Sombra no Mapa Astral



Lilith não é um planeta, mas um chamado ponto sensível. Para calcular a sua posição no Mapa, primeiro deve-se partir da órbita elíptica da Lua em torno da Terra. Depois observa-se nesta elipse o eixo que liga os dois pontos mais distantes da Terra. Lilith encontra-se neste eixo em oposição com a Terra e à mesma distância do centro da elipse. É, portanto, o segundo foco da órbita da Lua. (O primeiro é a Terra.) A sua revolução dura 3232 dias ou cerca de 8.9 anos.

Sob a luz da psicologia moderna a posição de Lilith no Mapa Astral indica os desejos ainda não realizados, os lados fracos recalcados de nossa personalidade e nossas experiências quanto a dores, privações e à obscuridade. Análogo ao caráter de Plutão, os processos deveriam levar ao conhecimento de si próprio e à aceitação de nossos lados sombrios. Não deveríamos continuar a diferenciar o bom e o mal, mas compreender o ser humano enquanto uma existência multifacetada.

Os trânsitos de Lilith nos atingem em um nível muito profundo e inconsciente. Nosso lado de sombra aparece quando a Lua negra transita. Muitas vezes, nossa reação ao trânsito é rápida e menos discricionária porque estamos operando a partir de motivações inconscientes. Especialmente as conjunções e oposições da Lilith em trânsito com planetas pessoais terá um peso maior em "derrubar" o otimismo e despertar o lado visceral e primitivo relativo à natureza do planeta que está aspectando.

O ciclo de trânsito da Lua Negra purga as restrições emocionais e físicas e as limitações que estão bloqueando nosso caminho, eliminando o campo para novas oportunidades e experiências através do renascimento. Nós sentimos que estamos começando de novo, renascidos e melhores do que antes.

Os trânsitos da Lua Negra são como um trânsito de Plutão compactado em um período menor de tempo. Eles são dramáticos e capacitadores porque trazem as questões do lado sombra para a luz onde podem ser entendidas e transcendidas.
A Lua Negra é complicada. Há dois lados dela - um lado escuro e um lado leve. Este é o aspecto mais incompreendido de Lilith. Na superfície, os efeitos parecem negativos, mas quando olhamos um pouco mais profundamente, vemos uma possibilidade para o renascimento.

"Conflito seguido de recompensa" é o lema da Lua Negra. Ela encarna o ciclo da morte e do renascimento e seus trânsitos. À medida que em trânsito se aproxima de um planeta, ela nos leva ao submundo para um encontro face a face com a verdade de nós mesmos. Quando ela faz o contato exato com um planeta e então começa a se mover é a oportunidade do renascimento, caso haja consciência plena da situação dentro de si mesmo, sem distorções e defesas.

Uma transmutação do nosso eu anterior a uma nova versão do nosso eu ocorre.
A Lua Negra para ganhar poder ou controle sempre será contraproducente, e é uma força que você não quer que se vire contra você.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lua em conjunção com Lilith - emoções sombrias

De modo geral enquanto a Lua se une à Lilith no céu, é o momento de voltar "para casa" ou "voltar às raízes" a fim de encontrar a paz interior. Trata-se de uma jornada ao seu Eu interno e é o que precisa ser feito para encontrar suas qualidades esclarecedoras. O veiculo de condução para se chegar a isso é a família, os laços familiares, as emoções e/ou a maternidade. Dependendo do caso pode ser uma viagem pessoal assustadora (especialmente nesta fase em que Marte e Plutão também estão em conjunção), pois ela desperta sentimentos como raiva, arrependimento, repulsa, frustração e até fascinação. Pode mexer com a "sociedade-máscara", a máscara que tem sido usada para deixar o mundo acreditar que está tudo bem, que se reflete no signo oposto a Câncer – Capricórnio. É possível entrar em contato consigo mesmo através de exercícios de meditação ou imaginação ativa.
Sua casa física reflete a morada, a sua alma, por isso cuide muito bem dela nessa época. Uma é pr…

Trígono de fogo - a chama espiritual

A Lua em Leão fecha um grande trígono com Saturno em Sagitário e Urano em Áries. O triângulo é a primeira forma fechada que se pode fazer com linhas simples. Nesse traçado as energias se relacionam harmoniosamente e fluem de forma favorável para cumprir seu propósito, não há conflito. Esse trígono de fogo oferece inspiração que parte do espiritual, como um faísca que nasce para trazer consciência. É preciso aproveitar esses momentos para elevar a alma com um melhor significado da realidade. 

Paz e luz! Audrey Viudes

Conjunção Marte Lilith - reações imprevisíveis

Marte está em conjunção com Lilith (Lua Negra) no céu desde abril deste ano e fica até 23 de outubro de 2018. 
Essas duas energias juntas predispõe a reações agressivas repentinas consigo mesmo ou com os outros, principalmente se há confirmação no mapa natal. Pode ser um período de dificuldade em controlar a impetuosidade e em reduzir o comportamento agressivo. Mesmo em Aquário que é um signo do elemento ar essa tendência pode emergir, devido à natureza imprevisível do signo. Seria mais ou menos como o predomínio da rebeldia ou inconformismo num estágio agudo, descontrolando os impulsos e deixando vir à tona somente o lado primitivo. Isso é acentuado pelo aspecto de quadratura com Urano, o dispositor de Marte.
Para curar esse aspecto sombrio é preciso pensar antes de agir, dando tempo para refletir sobre todos os lados da situação que o leva a não aceitar determinada questão. Aprender a tolerar que cada um encontra-se um patamar de desenvolvimento, inclusive você mesmo. Muitas vezes a i…